sábado, 19 de junho de 2010

Andorinhas!



Onde andas andorinha?!
Que na minha infância sobrevoou minhas tristezas!
No amanhecer me visitastes!
E me trazia conforto e um pouco de alegria!
Como se fosse anjo!
Ou seria um alegre ajudante!
Não sei!
Só sei que sinto falta de seus rasantes cortando o ar gelado,
que cercava minha infância!
O conforto que me trazias,com certeza trazias a minha cidade!
Terra das andorinhas,cadê tu minhas amigas mensageiras?!
Me traga alento a este coração!
Traga amor e paz a essa metrópole que se afoga no caos de seus concretos!
Concretas prisões de almas,que não sabem mais sorrir!
Apenas correr atrás do que é finito!
Venhas aonde estiver,traga - nos suas asas de encantos e vida!

Micael A. Andrade

Nenhum comentário: