domingo, 25 de maio de 2014

Dente de leão


Coração de criança é uma manga coquinho.
Nasce pequena, está verde.
Cheio de sonhos e pureza.
Criança cresce.
E a manguinha vai se formando.
Na juventude tenra é uma manga
Coração de boi!
Inflado pelos sonhos, pela inocência ainda vigorosa.
Passa o tempo.
Sua manga é mordida.
Machucada.
Vai amadurecendo.
Endurecendo.
Mas continua batendo forte este coração.
Batendo e apanhando.
Os sonhos diminuem.
A inocência se perde.
Adultos levam no peito uma manga espada.
Pequena e afiada, com fiapos!
Alguns sonhos, pouca inocência.
E a doçura de amadurecer.
Sem apodrecer.
Um dia a manga cai do pé.
E se liberta.
E vira dentes de leões soltos ao vento!


 Micael Araújo Andrade

Nenhum comentário: