sexta-feira, 8 de julho de 2011

Círculo.



Silêncio.
Ouço o eco das almas.
Sinto a presença.
O suspiro da vida.
A música silenciosa do universo embalando meu espírito.
Os sinos ecoam a magia de viver e girar.
Girar como louco na chuva.
Girar o planeta.
Circular é o universo.
Infinitamente sem parar.
O sol escaldante sobre minha pele.
Faz me lembrar que sou matéria.
Por um instante fora de mim.
Por um instante fui eterno.
Somos eternos, somos circulares.
Girando a vida.
Quadrados acabam e não se movem.
Quadrados morremos e depois nos tornamos círculos!

Micael a. Andrade

3 comentários:

Nathacha disse...

quem morrer quadrado?rsrsrs

A verdade é: a vida começa num circulo, alias todos nós viemos de um ovo (óvulo) e assim que deixamos esse lugar que os homens chama de planeta terra (que seja) viramos átomos de cálcio e formamos um circulo... por exemplo, A carapaça de um caranguejo, isso é pura ciência! Fato!

Mais voltando ao seu texto, eu entendi completamente, só o levei pra um lado cientifico, é pura verdade que o ser humano morre quadrado, porque? Porque somos animais tentando ser humano a vida toda!


Bjoo

Barbara Nonato disse...

A vida é circular, por mais quadrada que pareça, ou por mais que nós tenhamos em mente a insistência nessa 'quadradez' tão nossa, tão humana e tão imperfeita, porém, de todos.

Lucas D.F. disse...

muito bom texto e blog
http://meninos-cor-de-rosa.blogspot.com/