quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Entre rios




Entre rios.
Entre vidas.
Tudo passa.
Tudo muda.
Passageiras emoções.
Um momento.
Um alento.
Lento e imponente flui
O rio
Da vida...
Apesar dos acontecimentos e sentimentos
Não para.
Não cessa o viver.
Sede de viver.
Viver com sede de vida não dá.
Impensável possibilidade.
Incansável busca.
Deixe flui, deixe correr, deixe viver.
Tudo a de passar.
Tudo a de viver.
Se sofrer será um instante.
Quando sorrir será um momento.
Tudo passa...

 Micael A. Andrade

Um comentário:

Marília Tasso disse...

Lindo, mensagem verdadeira!!