sábado, 18 de setembro de 2010

Livro das sombras.





No momento penso em como me manter nesta árvore.
Como não cair,estes galhos no momento são minha salvação.
Não posso nem respirar,nem me mover!
Sons estranhos e bizarros ecoam na escuridão,
sem luar!
Derrepente  adormeço e quase me desequilibro,seria meu fim.
Quando abro meus olhos vejo o sol raiar,será esperança?
Talvez,percebo essas criaturas sumindo das ruas e logo tudo se torna deserto.
Talvez não agüentem se verem à luz do dia.
Com cautela e medo desço a árvore...
.....
Não vejo nada,apenas pequenos gemidos de dor.
Essas criaturas sofrem e muito,matam para aliviarem suas dores!
Não vejo o céu azul,as árvores estão perdendo as cores e os animais raros!
Apenas aves ainda vivem!
Tenho que procurar água e comida,onde?
E se eles estiverem nas lojas e casas,na escuridão dos cômodos!
Vou entrar no mercado abandonado,mas antes preciso de uma arma!
Consegui um facão e uma pistola 40 mm de um policial sem rosto!
Lá vou me embrenhar pelo escuro das paredes  que nos prenderam um dia!
.................. continua.

6 comentários:

Pitti disse...

qui triste
bonito mais triste


http://agbcinderela.blogspot.com

Yullia Marizia disse...

To esperando a continuação da história.

SHaushuahsau, amei os comentários q fizeste em meu blog. Chego até a concordar com eles. Essa indignação com a qual tu escreveu não se vê muito por aí. Na maioria dos comentários o povo nem le o que ta escrito.
Creio que devo reparar mais no que escrevo ;D
Espero ter seus comentários mais vezes.
Beeeeijos

Roberto disse...

Bem legal

Micael araújo Andrade disse...

Dispenso comentários idiotas de que não leu a postagem! Por exemplo o Roberto!

Yullia Marizia disse...

NOssa, pra quem quer espalhas luz tu ta muito agressivo. Tudo bem então, Nada de gentilezas.

Sucesso com o blog =)

Micael araújo Andrade disse...

Yullia

Não sou agressivo,apenas falo o que sinto!
Ser bom não é ser bobo,e não sou santo né!
Eu respeito a todos e quero ser respeitado,e não sei usar máscaras!!
Abraço amiga!!!